Rossini

Pesaro, Itália, 1792; Paris, França, 1868

Filho de um trompetista e de uma soprano, esteve sempre ligado, desde a sua infância, à ópera. Estudou no Liceu Musical de Bolonha, onde entrou em contacto com a obra de Mozart e Haydn, que influenciaram o seu estilo. A sua trajetória começou a florescer em 1813, com a estreia de "II Signor Bruschino", à qual se seguiram inúmeras óperas. Radicado em Paris desde 1824, criou a sua última partitura, "Guglielmo Tell", em 1829. Apesar do êxito, abandonou completamente a composição operística quando contava apenas 37 anos. É considerado internacionalmente como um dos principais pilares do reportório lírico italiano, graças a óperas bufas como "Il barbiere di Siviglia", "La Cenerentola" ou "L'Italiana in Algeri".